Professora da Rede Municipal de Teresópolis recebe prêmio por projeto de Educação Financeira

You are currently viewing Professora da Rede Municipal de Teresópolis recebe prêmio por projeto de Educação Financeira
Compartilhar:

Eline das Flores Victer ficou no TOP 5 do Prêmio Nacional BEĨ de Educação Financeira para Escolas Públicas

O projeto ‘Educação Financeira: Conhecendo seu perfil para pensar no futuro’, da professora Eline das Flores Victer, aplicado aos alunos do 9⁰ ano da Escola Municipal Manoel da Silveira Medeiros Sobrinho, localizada no Vale do Paraíso, ficou no TOP 5 do Prêmio Nacional BEĨ de Educação Financeira para Escolas Públicas 2022. A iniciativa objetiva identificar, valorizar e divulgar educadores de todo o Brasil que desenvolvem e estimulam a temática da educação financeira em suas turmas. Foram premiados os dez melhores projetos.

“O projeto tem como foco um aprendizado que instrumentaliza nossos alunos para a vida, para fazer escolhas mais conscientes e ajudarem as suas famílias na administração financeira. Já pedi à secretária de Educação, Satiele Santos, para usar de inspiração e ampliar a iniciativa para as demais unidades do fundamental II da nossa rede. Parabéns para Eline e a todos os profissionais da escola e alunos por essa conquista!”, destacou o Prefeito Vinicius Claussen.

A diretora da Escola M. Manoel da Silveira Medeiros Sobrinho, Cristina Mosquera Rocha, enfatizou a importância de promover projetos voltados para a vida cotidiana de alunos e familiares. “Acreditamos que a educação é o melhor caminho para a transformação da sociedade. Propomos a toda equipe escolar que realize e participe de projetos que envolvam alunos e familiares numa perspectiva de conscientização e do desenvolvimento de práticas cotidianas. O trabalho da professora Eline nas turmas de 9⁰ ano no primeiro turno da escola veio engrandecer o nosso papel como educadores e abrir caminhos e alimentar sonhos para com os nossos alunos”, frisou Cristina Mosqueira Rocha.

Os dez professores responsáveis pelos melhores projetos receberam diploma, troféu, divulgação no site e menção honrosa. Entre eles, os cinco melhores receberam um prêmio em dinheiro. Os dez finalistas tiveram a oportunidade de se reunirem para uma tarde de premiações na sede da B3, a bolsa do Brasil, uma das empresas patrocinadoras do projeto, em São Paulo, no último dia 11 de novembro, entre eles, Eline.

A professora ressaltou a gratificação de ter seu projeto reconhecido. Foram mais de 100 projetos enviados, mais de 80 cidades e 14 estados concorrendo. “Estar entre os premiados nos faz acreditar que estamos no caminho certo. Falar de educação financeira para essas turmas trouxe esperança de um futuro melhor, mostrou que nada é impossível se eles estiverem focados e educados financeiramente se esforçarem e acreditarem em si. Ao promover a inserção da educação financeira em contexto escolar favorecemos caminhos para a redução das injustiças sociais, ao mesmo tempo, provocamos uma conscientização, alimentamos os sonhos e incentivamos a construção de novos caminhos”.

O Projeto

O projeto ‘Educação Financeira: Conhecendo seu perfil para pensar no futuro’ consiste na reflexão sobre educação financeira a partir do jogo ‘quem é você no jogo financeiro’ com o objetivo de que o aluno ao se conhecer, identificando o seu perfil, e conhecer o outro, e os demais perfis, quanto às relações de consumo e economia possa se conscientizar em relação à vida financeira futura, e refletir sobre o que precisa fazer hoje para alcançar seus objetivos para o futuro.

O jogo, desenvolvido por Eline e por seu aluno do Programa de Pós-Graduação Ensino das Ciências (PPGEC-UNIGRANRIO) Osmar Júnior, foi confeccionado através de pesquisa baseado nos documentos da ANBIMA e as características dos perfis financeiros: planejador, construtor, sonhador, camaleão e despreocupado, se tornando um projeto que aproxima Universidade e Escola, pesquisa e cotidiano de sala de aula, Unigranrio e Escola Municipal Manoel da Silveira Medeiros Sobrinho, pois a professora atua nos dois segmentos e trabalha nas duas unidades de ensino.

“O jogo contém 19 perguntas sobre Educação Financeira e cada pergunta oportuniza reflexões sobre ações do dia a dia e a relação com o dinheiro, investimento e futuro. Cada pergunta tem cinco opções de respostas, cada uma relacionada a um perfil e é necessário que o aluno pense nas respostas que se encaixam em suas ações e reflita sobre sua educação financeira, se tornando uma oportunidade de fazê-lo refletir e dialogar e como pretende estar e agir no futuro”, pontuou Eline das Flores Victer.

Fotos: Divulgação