Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis recebe diretores do zoológico de Beauval-França para apoio ao projeto de conservação Sagui-da-Serra-Escuro

You are currently viewing Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis recebe diretores do zoológico de Beauval-França para apoio ao projeto de conservação Sagui-da-Serra-Escuro
Compartilhar:

Entre os dias 19 a 21 de novembro de 2022, a equipe do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis (PNMMT) recebeu o diretor geral e o diretor de ciência e conservação do Zoológico Beauval, da França (uma das instituições mais importantes para conservação da natureza da Europa), para a gravação de um documentário sobre a conservação de uma espécie de primata ameaçada de extinção, o Sagui-da-Serra-Escuro (Callithrix aurita).

Esta espécie está no Plano Nacional para a Conservação dos Primatas da Mata Atlântica e dá Preguiça-de-Coleira (PAN-PPMA/ ICMBio) e vem sendo monitorada pela gestão do PNMMT com o apoio desta instituição internacional para a sua conservação. Vale ressaltar que o projeto também tem apoio financeiro da Re:Wild e conta com a parceria do Laboratório de Prototipagem do UNIFESO, que produziu os protótipos de GPS para serem utilizados nos animais. Além destes, o Centro de Primatologia do Rio de Janeiro (CPRJ) participa do projeto com apoio técnico e logístico para atividades de cativeiro e campo.

A filmagem foi com o objetivo de capturar um indivíduo desta espécie (C. aurita) e conseguir instalar junto ao seu corpo um equipamento GPS, que ficará coletando dados de maneira automática em campo. A tecnologia permitirá ampliar a coleta de dados de área de vida e movimentação do animal com maior precisão, auxiliando no entendimento do comportamento da espécie. Esta iniciativa é pioneira (com a espécie), e está sendo iniciada aqui no município de Teresópolis, no PNM Montanhas de Teresópolis.

É importante dizer que todo procedimento foi feito respeitando questões éticas, de saúde e segurança animal, bem como com as devidas autorizações legais.

Estar envolvido em ações deste porte com instituições como a Beauval e a Re:Wild projeta o Parque no cenário da conservação internacional, bem como auxilia na captação de recursos para a conservação de espécies ameaçadas.

Nos próximos anos, a gestão, em parceria com o Programa de Conservação Saguis-da Serra (PCSS), continuará o trabalho de pesquisas e acompanhamento em campo desta espécie ameaçada. Importante destacar que o projeto, além das instituições internacionais de apoio, ganhou um Edital Nº1 de 2022 do Fundo de Meio Ambiente de Teresópolis, essencial para seu futuro.

Juntamente com ações de campo, atividades de educação ambiental estão sendo planejadas para tornar a espécie nativa da Mata Atlântica conhecida, de modo a conscientizar a população de Teresópolis sobre a importância desta espécie de Sagui para o município. Além disso, espera-se também a promoção de incentivos a pesquisas científicas na unidade de conservação que se objetivem a entender ainda mais a importância da espécie para o Parque.

Criado em 6 de julho de 2009, com uma área de 4.397 hectares, o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis abrange parcialmente alguns bairros e localidades, tais como: Campo Grande, Caleme, Posse, Salaco e Granja Florestal – na cidade, Santa Rita e Ponte Nova – no interior. Faz limite com Petrópolis e São José do Vale do Rio Preto.

Fotos: Vitor Cunha.