Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis celebra seu II Encontro de Pesquisas

You are currently viewing Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis celebra seu II Encontro de Pesquisas
Compartilhar:

A sede do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, em Santa Rita, recebeu, no último dia 30 de julho, diversos pesquisadores para um dia de palestras e conversas a respeito do bioma Mata Atlântica e ações futuras de gestão para a preservação de espécies ameaçadas e atividades socioambientais. O II Encontro de Pesquisa contou com a participação de aproximadamente 50 pesquisadores que estão atuando na Região Serrana do Rio de Janeiro, bem como moradores do entorno do PNMMT.

Para a abertura do evento, foi promovida uma palestra da SOS Mata Atlântica, explicando um pouco do cenário de conservação das áreas protegidas municipais do bioma, seguida da apresentação de banners. Já no período da tarde as apresentações da professora Dra. Clara Lemos, da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), e do Dr. Rodrigo Salles de Carvalho, do Programa de Conservação Saguis-da-Serra, que abordaram questões importantes sobre as relações entre comunidades e unidades de conservação e conservação de espécies ameaçadas.

Para o encerramento, foram reunidos representantes das unidades de conservação do município, como o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Parque Estadual dos Três Picos, RPPN Sítio Serra Negra e Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, além de um representante da Secretaria Municipal de Meio ambiente de São José do Vale do Rio Preto.

Estiveram presentes diversos moradores da região de Santa Rita, entorno do PNMMT, inclusive participando e interagindo com as palestras e apresentações do evento. “Celebramos no dia 30 um grande passo para a gestão do Parque Montanhas, principalmente por poder aproximar os pesquisadores de nós e assim reunir uma equipe que vai além da gestão do parque, produzindo conhecimento para uma melhor proteção da Mata Atlântica. Este dia fica marcado nos 13 anos de criação do Parque”, enfatizou Vitor Cunha, gestor titular da unidade de conservação ambiental.

Criado em 6 de julho de 2009, com uma área de 4.397 hectares, o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis abrange parcialmente alguns bairros e localidades, tais como: Campo Grande, Caleme, Posse, Salaco e Granja Florestal – na cidade, Santa Rita e Ponte Nova – no interior. Faz limite com Petrópolis e São José do Vale do Rio Preto.

“O Encontro de Pesquisa do PNMMT tem um importante papel para estabelecer laços e parcerias entre as muitas unidades de conservação do Mosaico da Mata Atlântica Central Fluminense, universidades e moradores do entorno, principalmente nos aspectos sociais e ambientais”, destacou o subchefe da unidade, Ricardo Mello.

O parque possui em seu território uma imponente cadeia de montanhas, onde se destacam afloramentos rochosos como as pedras da Tartaruga, do Camelo e de Santana. A unidade de conservação também protege nascentes e importantes remanescentes florestais que abrigam significativas espécies da fauna e flora do bioma da Mata Atlântica na região.

Atualmente a infraestrutura e os equipamentos necessários para a realização das atividades de visitação no parque estão concentradas em duas áreas: o Núcleo Pedra da Tartaruga e o Núcleo Santa Rita. Entre as atividades que podem ser realizadas estão caminhada, escalada, rapel, acampamento, lazer ao ar livre e observação de aves.

Fotos: Divulgação