Creche do Parque Ermitage é inaugurada e vai atender cerca de 330 famílias

You are currently viewing Creche do Parque Ermitage é inaugurada e vai atender cerca de 330 famílias
Compartilhar:

Aulas na unidade de ensino, que atenderá do Berçário ao Pré-escolar, começaram nesta segunda, 3

O Prefeito Vinicius Claussen inaugurou, na última sexta-feira, 30/09, o Centro Municipal de Educação Infantil José Maria Leitão Carneiro, no Parque Ermitage. O CMEI vai atender cerca de 330 famílias da comunidade local e arredores. As aulas na unidade de ensino, que atenderá do Berçário, Pré-escolar, começaram nesta segunda-feira, 3.

“Essa é uma importante entrega para as famílias do Parque Ermitage, um grande anseio da comunidade local e arredores. Vamos atender cerca de 330 famílias com conforto, segurança e muito amor. Uma estrutura de alto nível, equipe capacitada e uma diretora apaixonada. Agradeço mais uma vez ao Governador Cláudio Castro por esse importante investimento na Educação de Teresópolis, ao Phillipe Campello, presidente do Inea, e ao deputado estadual, André Correa”, disse o Prefeito Vinicius Claussen, que estava acompanhado de secretários e subsecretários municipais.

A secretária de Educação, Satiele Santos, enfatizou a emoção de transformar em realidade um sonho da comunidade do Parque Ermitage. “Estou emocionada com a entrega dessa unidade para a comunidade do Parque Ermitage. Quero destacar a importância pedagógica que envolve essa faixa etária dos nossos alunos. Agradeço imensamente ao Prefeito Vinicius Claussen por apostar na Educação e pelo suporte que nos oferece para que possamos realizar um trabalho sério e comprometido”, ressaltou Satiele, parabenizando a vereadora Érika Marra pelo apontamento do nome do professor José Maria Leite Carneiro para nomear a creche.

Também participaram da cerimônia os vereadores Marcos Rangel, Paulinho Nogueira, Tenente Jaime Medeiros, Teco Despachante e Érika Marra, presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal, e autora do projeto de lei que denominou a unidade. “Agradeço a família do professor Carneiro por estar presente nesta homenagem. O professor Carneiro era um educador de excelência e valorizava muito a Cultura e o Esporte também. Ele construiu e deixou um legado que deve ser preservado. Agradeço também ao Legislativo e ao Executivo por terem abraçado a sugestão do nome dele para esta unidade. Um equipamento de excelência, assim como todo o trabalho feito pelo professor Carneiro”, afirmou Érika Marra.

Familiares do professor Carneiro prestigiaram a inauguração do Centro Municipal de Educação. “Estamos muito felizes com essa homenagem ao professor Carneiro. Ele foi uma pessoa que fez história na Educação, principalmente, em Teresópolis. Além de ser um apaixonado pela cidade. Um português que chegou à cidade, construiu sua família, fez sua história como educador aqui. Tenho certeza de que, de onde ele estiver, está muito feliz com essa homenagem”, destacou Luciana Fernandes Ribeiro, mãe de Ricardo José Morgado Carneiro Segundo, neto primogênito do professor. A neta Raquel Eugênio Morgado Carneiro comentou: “É um orgulho enorme para a família essa homenagem que está sendo feita ao meu avô. Agradecemos à Prefeitura e a Érika Marra. Seguiremos com o legado do meu avô”.

Moradores do condomínio fizeram questão de conhecer o novo equipamento público da comunidade. Yasmim Gomes Dias, mãe da pequena Alice, de 5 anos, matriculada na nova creche, falou sobre a conquista. “A creche ficou linda! Minha filha estudava no CMEI da Tijuca, uma ótima escola, mas agora aqui do lado de casa vai ficar muito mais fácil, principalmente nos dias de chuva. É maravilhoso ter essa creche aqui dentro do Parque Ermitage. Vai ajudar muitas famílias”.

CMEI José Maria Leitão Carneiro

O Centro Educacional José Maria Leitão Carneiro foi construído pelo Governo do Estado, por meio do INEA (Instituto Estadual do Ambiente), no Conjunto Habitacional Parque Ermitage. O condomínio Parque Ermitage, onde está localizada a estrutura, foi construído para oferecer moradia aos teresopolitanos desabrigados após as fortes chuvas que atingiram a região serrana há mais de 10 anos. A creche conta com 1000m², divididos em 12 salas, com uma infraestrutura de qualidade para atender às crianças de até 5 anos da comunidade.

A unidade escolar será administrada pela Prefeitura, conforme termo de cessão assinado pelo Governador Cláudio Castro e o Prefeito Vinicius Claussen, no CMEI, no último dia 30 de março. As vagas ofertadas vão permitir o remanejamento de crianças do bairro que estudam em unidades mais afastadas para próximo de suas residências, levando mais conforto e segurança para os pais e responsáveis.

Legado do Professor Carneiro

O espaço educacional recebeu o nome do jornalista, professor, pedagogo, escritor, poeta e crítico de Arte José Maria Leitão Carneiro. Professor Carneiro nasceu na freguesia da Correlhã, Concelho de Ponte de Lima, no dia 23 de Março de 1937, sendo filho de João Lopes Carneiro e de Palmira Brito Leitão, naturais da mesma freguesia. Em 1947, apenas com dez anos de idade, emigrou com seus pais para o Brasil, fixando-se no Rio de Janeiro, onde iniciou um percurso de vida absolutamente notável.

O jovem Zé Maria teve de ajudar seus pais enquanto estudava, tanto ao longo do ensino secundário como durante a licenciatura em Geografia e História, obtida na Universidade do Estado Federal. Foi lá que conheceu a colega que viria a ser sua esposa, Marília Morgado Carneiro (1934-2006), que lhe deu o filho Ricardo José Morgado Carneiro, licenciado em Direito e empresário.

Logo após o curso universitário iniciou uma intensa e ocupadíssima vida laboral, ininterruptamente em diversos ramos de atividade, ao longo de mais de cinquenta anos. Ainda residente no Rio de Janeiro tornou-se jornalista profissional de relevo. Datam desse tempo inúmeros trabalhos em prosa e poesia divulgados na imprensa brasileira.

Coincidindo com a sua intensa atividade jornalística, iniciou o seu percurso de pedagogo em diversas escolas públicas e colégios particulares. Em 1967, com apenas trinta anos de idade, subiu a Serra e fixou-se na cidade de Teresópolis. Foi nesse ano que publicou o seu primeiro livro de poesia intitulado “Fumaça”, considerado pela comunidade literária brasileira como um dos bons lançamentos do ano.

Em 1968, fundou, em sociedade com o Professor Lima Trigo, o Centro de Ensino Moderno (CEM). O CEM se notabilizou não só pela qualidade do ensino e pelas qualificações dos seus professores, como também pelas suas excelentes instalações e pelo seu desempenho desportivo nas competições escolares nacionais, em múltiplas modalidades.

A produção literária do professor Carneiro prosseguiu. “Nossa Mensagem”, uma seletiva coletânea de prosas organizada por Aparício Fernandes em 1977, inclui trabalhos seus. Também em 1977 vê a sua poesia selecionada no “Anuário dos Poetas do Brasil”, uma importantíssima obra solicitada por muitas bibliotecas universitárias dos Estados Unidos, Canadá, França, Inglaterra e Bélgica, entre diversos outros países. Ainda em 1977 publica “UNIversos”, livro de poesia muito apreciado pela crítica como afirmação ou reafirmação de um poeta autêntico.

Os outros livros de poesia publicados pelo Dr. José Maria Carneiro foram: “Barco Rabelo” (1980), um romance poético do Brasil a Portugal (1); “Diário de Bordo” (1984), que recebeu o Prêmio Olavo Bilac e uma Menção Honrosa da Academia Brasileira de Letras; e “Antologia Poética” (1997), também muito celebrado pela crítica brasileira. Refira-se que a TAP Air Portugal, correspondendo ao valor poético do “Diário de Bordo”, promoveu o lançamento desse livro em Lisboa.

Muita da sua poesia apresenta reflexos filosóficos da sua vida polifacetada de pedagogo, viajante, aventureiro, empresário, negociante, escritor e chefe de família.

Fotos: Bruno Nepomuceno